Ao fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, concorda com o seu uso neste dispositivo, de acordo com a Política de Cookies e Termos de Utilização do Website do Colégio São João de Brito. Optando pela desativação das cookies, algumas partes do nosso site poderão não funcionar corretamente.
Aceito
Saiba mais

Ano Letivo

Notícias

VISITA AO CERN, CRUZ VERMELHA, ONU E MUITO MAIS


Este ano, mais uma vez, um grande grupo de alunos do 11.º e 12.º anos teve a oportunidade de ir a Genebra, visitar o acelerador de partículas do CERN (Conseil Européen pour la Recherche Nucéaire), uma das maravilhas da ciência moderna.

Foi uma viagem exigente, pela quantidade de centros de investigação e organizações visitadas. Com efeito, para além do CERN propriamente dito, o grupo visitou também a École Polytechnique Fédérale de Lausanne, o Museu da Cruz Vermelha, a sede da ONU em Genebra e mais algumas exposições.

A visita ao CERN destacou-se, evidentemente, pelas exposições permanentes e principalmente pela forma como professores e alunos foram recebidos por cientistas portugueses que lhes explicaram tudo e, oportunidade rara, os levaram a 100 metros de profundidade para compreender e mostrar parte do acelerador de partículas - uma das maiores obras cientificas e tecnológicas criadas pelo homem. Acerca desta parte específica da viagem, leia o testemunho da professora Sílvia Sepúlveda, verdadeiramente emocionada com a experiência vivida, cujo relato nos ajuda a perceber muito melhor o trabalho do CERN e a sua importância.

Também a visita à École Polytechnique foi extremamente entusiasmante, por representar a oportunidade de conhecer um reator de fusão nuclear, ver as reações a acontecer em direto e conversar com cientistas internacionais sobre o seu trabalho. Mais uma vez, podemos ler aqui a explicação mais detalhada da professora Sílvia.

Já numa ótica menos científica e mais humanitária, a visita ao Museu da Cruz Vermelha tocou alunos e professores pela forma impactante de mostrar o seu foco de trabalho através de uma exposição interativa muito interessante (mais detalhes aqui), e a visita à ONU pela grandiosidade do edifício, pela carga histórica e cultural presente, pela quantidade de obras de arte e pela oportunidade de assistir ao vivo a uma sessão sobre exploração humana (mais detalhes aqui).

Para além destas quatro visitas cruciais, os alunos ainda exploraram as cidades de Genebra e Nyon, bem como o Rolex Learning Center, que foi muito apreciado pela arquitetura do edifício e pela história, e a o ARTLab, com exposições sobre Ramon Llull e cálculo combinatório e sobre o avanço cientifico, também na recolha de documentos históricos.

Segundo os professores Hugo Marques, Leonel Mendes, Sílvia Sepúlveda e Rita Barros, que os acompanharam, os alunos estiveram à altura do desafio e por isso estão de parabéns.

Que esta viagem tenha servido para alargar os horizontes, para compreender os desafios que os esperam e para que as relações humanas entre todos se fortaleçam.

© Colégio de São João de Brito
Propriedade da Província Portuguesa da Companhia de Jesus, Alvará nº 980.