Ao fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, concorda com o seu uso neste dispositivo, de acordo com a Política de Cookies e Termos de Utilização do Website do Colégio São João de Brito. Optando pela desativação das cookies, algumas partes do nosso site poderão não funcionar corretamente.
Aceito
Saiba mais

Ano Letivo

Notícias

Tema do Ano: # Acolher-te


tema do ano - destaque 2.jpg#ACOLHER-TE
Um fogo que acende outros fogos.

Este ano o nosso plano de fundo é a Contemplação da Encarnação. Santo Inácio propõe que contemplemos a forma de Deus olhar o mundo, e como, vendo a diversidade de pessoas, o contraste de situações e as desigualdades entre uns e outros, decide fazer algo.

Mas, pode-se fazer alguma coisa diante de um mundo com tantos contrastes, tão complicado? Não seria melhor um plano para otimizar recursos e melhorar as condições das pessoas ou mobilizar os peritos mais capacitados e poderosos para solucionar os problemas da humanidade?  O plano de Deus foi outro: aproximar-se radicalmente Ele próprio do mundo. A Santíssima Trindade mandou um dos três, enviou o Filho. Deus quis expor-se (não se impôs) em fragilidade total, quis ser um de nós, revelar como é ser Deus na nossa própria carne, ser Deus connosco, mostrando uma proximidade radical.

Mas isto será suficiente? Não é pouco para tanto sofrimento e injustiça? Talvez os quatro C da nossa ação educativa nos possam ajudar a iluminar a profundidade e a radicalidade deste mistério:

  • Deus é Consciente de todos os nossos problemas. Não há ninguém, por muito consciente que possa estar, mais plenamente consciente do que vivem e do modo como o vivem os seus filhos.
  • Esta consciência leva-O a ser Compassivo. A consciência não basta, se esta não afeta o mais profundo do nosso ser. Nem é verdadeira compaixão se fica na mera profundidade, sem que a comoção interior provoque um movimento de ‘saída’.
  • Esta saída é o verdadeiro compromisso de Deus. Sai de si, não só para dar, mas para dar-se. Não compromete só a sua ação, as suas qualidades, o seu tempo... Compromete-se Ele, expõe-se, compromete a sua Pessoa, a sua Vida. Deus é o Comprometido.
  • O Comprometido que é verdadeiramente Competente. Salvar o ser humano não é principalmente (ainda que tudo isto seja necessário) proporcionar-lhe recursos, favorecer as condições em que se encontra, dotá-lo de técnicas e conhecimento…  Deus leva à plenitude a humanidade do ser humano, Ele é realmente capaz de fazê-la realidade. Deus, que é verdadeiramente competente para encarnar a humanidade, oferece-no-la livre e gratuitamente a todos.

Por isso, acolher-te a Ti é deixar que toda a Tua Consciência, Compaixão, Compromisso e Competência nos transforme. É deixar-nos transformar pelos Teus sentimentos, pelo Teu modo de proceder, pela Tua fé, pela Tua humildade, pela Tua misericórdia, pela Tua proximidade, pelo Teu olhar, pela Tua confiança, pela Tua liberdade ante as coisas e ante as pessoas, pela Tua esperança contra toda a esperança, pelo Teu amor incondicional, pela Tua Vida sem limites... Tudo isto está encarnado em Ti, basta Acolher-TE.

Somos fogos acesos por quem é verdadeiramente a Luz do mundo (Jn 8, 12), por quem deseja inflamar todo este mundo (Lc 12, 49). Um fogo que faz que a nossa humanidade seja a das
pessoas verdadeiramente conscientes, compassivas, comprometidas e competentes. Que se humaniza ao ser acolhedora e hospitaleira. Um fogo que acende outros fogos, e que tem nos nossos colégios evangelizadores um lugar em que pode acolher-se, avivar-se, renovar-se, inflamar-se e difundir-se por todo este mundo amplo, cheio de diversidades e de contrastes.

Na Encarnação brilha com uma luz especial a figura de Maria, a mulher que, na pequenez da sua humildade, soube de verdade acolher-Te, deu-Te hospitalidade no seu seio, e deu à luz o melhor que Deus pôde desejar para o ser humano. Temos nela um modelo, um exemplo e um farol, uma mulher que foi discípula, mãe e mestra.

© Colégio de São João de Brito
Propriedade da Província Portuguesa da Companhia de Jesus, Alvará nº 980.